Como se preparar para o vestibular

By | 28 de julho de 2012

O vestibular principalmente para aquisição de um curso em instituição pública é sempre bastante concorrido, por isso se preparar para um grande competição é a melhor forma de garantir sua aprovação. Primeiramente o que você deve obedecer é o tempo de estudo, não deixe para estudar muito em cima da hora, mesmo porque o estudo intensivo faz com que o cérebro não armazene muitas informações, ou seja, o seu estudo intensivo acaba não adiantando de nada, sendo um tempo jogado fora.

Não se prenda apenas ao estudo em livros e internet, tente ficar por dentro de todas as atualidades, sendo que sempre rende muitas questões dentro de um vestibular. O cursinho para vestibular pode ser uma ótima forma de potencializar o seu conhecimento, mesmo porque irá lhe dar ritmo de aula (caso seja cursinho presencial) e também irá oferecer uma base de estudo, facilitando no aprendizado e também pode tirar algumas duvidas que possam surgir durante o desenrolar desse cursinho.

Procure sempre fazer no mínimo uma redação por semana, pois é necessário ter bom domínio mesmo porque em alguns casos os candidatos que estão participando do vestibular conseguem ter um bom resultado na prova seletiva, mas na hora da redação o candidato não consegue se sair bem, sendo essa a divisão entre aprovado e reprovado. Durante o estudo não é preciso ficar tenso, sendo algo que gera muitos problemas no armazenamento de informações, por isso procure sempre manter a sua rotina normal, tenha em mente que manter uma rotina normal irá ajudar no seu aprendizado.

A alimentação também pode ser um fator muito importante, por isso mantenha sempre uma dieta balanceada e se possível pratique esportes ou faça alguns exercícios físicos. Mesmo não sendo algo que não está ligado diretamente com os estudos, seguir essas informações podem melhorar na sua aprendizagem e pode ter um reflexo positivo na sua prova de vestibular. Tente dormir no mínimo 8 horas por noite, ficar acordado até tarde e levantar muito cedo pode diminuir a capacidade de armazenamento de seu cérebro.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *