O novo acordo ortográfico – acentuação

By | 4 de janeiro de 2012

A Língua Portuguesa possui uma série de regras. Conhecê-las e usá-las com propriedade exige dedicação, muito estudo e atualização, pois a Língua sempre passa por reformulações, novas padronizações. Algumas são bem simples, outras são bastante complexas e depende de acordos que demoram, às vezes, anos para serem aprovados.

O fato é que a Língua está em constante evolução, dado o contato com outras Línguas e com as diferentes culturas. Gírias, usos contínuos de uma determinada palavra de forma distinta do padrão, neologismos, termos estrangeiros. E muitas outras mudanças podem ser incorporadas na Língua Oficial ao longo dos anos.

Recentemente, foi feito um novo acordo ortográfico onde diversas regras vão mudar a ortografia utilizada em todos os países que falam Língua Portuguesa. O novo acordo será válido para todos os países que pertencem à Comunidade de países de Língua Portuguesa – CLP. Fazem parte da CLP os seguintes países: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, Príncipe, São Tomé e, Timor Leste. Cada uma delas foi aceitando as regras ao longo do tempo até que se adotou uma Língua comum. O processo demorou anos e anos para chegar na etapa em que está hoje.

O novo acordo ortográfico está em vigor desde 1º de janeiro de 2009, mas só será obrigatório a partir de 1º de Janeiro de 2013. Por enquanto, as duas normas ortográficas, são aceitas em textos impressos, provas, concursos públicos, vestibulares e documentos oficiais. Revistas e demais veículos de comunicação já adotam as novas regras ortográficas em sua redação oficial como forma de já assimilar e solidificar todas as mudanças.

As alterações acordadas são simples, mas exigem que você estude para assimilá-las. As principais novas regras englobam o fim do uso do trema, alterações na acentuação de ditongos abertos e hiatos, novas regras pra uso do hífen, adição das letras W, k e y ao alfabeto oficial e eliminação dos acentos diferenciais e dos acentos tônicos.

Algumas das alterações são:


  • O alfabeto passa a ter agora 26 letras: A, B, C, D, E, F, G, H, I, J, K, L, M, N, O, P, Q, R, S, T, U, V, W, X, Y, Z.
  • Não se usa mais o trema, a não ser nomes estrangeiros, nomes próprios e seus derivados.
  • Não são mais acentuados os hiatos “ee” e “oo”.
  • Não existe mais o acento nas palavras: “para” (verbo e preposição), “pela” (substantivo e verbo), “pelo” (substantivo e verbo), “pêra” (substantivo), “polo” (substantivo).
  • Palavras paroxítonas em “ei” e “oi” não são mais acentuadas.

Para saber mais, estudar e conhecer todas as regras, acesse e confira:

http://www.dombosco.com.br/editora/acordo-ortografico.pdf

Aproveite o período de adaptação e aprenda todas as novas regras para não ter dificuldades com a ortografia a partir do próximo ano. Bons estudos!

Por Yara Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *